Estilos: Grunge e Kinderwhore

Essa semana terá aqui no blog algumas postagens sobre alguns dos estilos alternativos da moda, com a história de cada um deles, referências e mais.

O estilo musical grunge surgiu no final dos anos 80 em Washington como um sub-genero do rock alternativo e se popularizou nos anos 90 com o grande sucesso de algumas bandas como Nirvana, SoundGarden, Pearl Jam entre outras. Quem nunca escutou Smells like teen spirit que atire a primeira pedra, mas o grunge vai muito além de somente essa música, as letras sarcásticas misturadas com um tom melódico, destilavam rebeldia, apatia e desejo de liberdade, o que não demorou muito pra que o gênero saísse do underground e se tornasse mundialmente famoso. Mas o que chamou a atenção junto com as novas bandas eram as roupas usadas por eles, que davam um ar de desleixo, como as famosas camisas xadrez de flanela, moletons, camisas podrinhas e converse. 

As bandas de grunge femininas, como a Hole liderada pela Courtney Love, também se vestiam de modo diferente, criando o termo não tão conhecido Kinderwhore. A Courtney jura que criou o estilo, mas já existiam referências antes dela surgir com ele, mas isso nunca saberemos. Christina Amphlett do Divinyls também pode ter sido a criadora. A palavra kinder vem do alemão que significa filhos, e whore significa vulgar, prostituta/puta em inglês. Duas palavras bem distintas, mas que combinam perfeitamente com o estilo que misturava a infantilidade + vulgaridade (se é que podemos chamar assim), que consistia em vestidos estilo baby doll/camisolas, meias arrastão, 7/8 ou até o joelho, coturnos ou sapatos estilo boneca (mary jane). Além das roupas as adeptas do estilo normalmente tinham o cabelo platinado ondulado e o batom vermelho. O kinderwhore ainda inspirou outros estilos no mundo rocker.

A cantora Taylor Momsen no inico da sua banda The Pretty Reckless visivelmente se inspirava no estilo, sendo comparada muitas vezes com a Courtney:

Atualmente tanto quanto o grunge e o kinderwhore continuam presentes no mundo da moda, muitos jovens são adeptos do estilo ou apenas gostam de usar como inspiração. E sempre aparecem no mundo da moda, sendo usados como inspiração por estilistas, presentes em desfiles, coleções, tendências, etc. Talvez hoje algumas pessoas usam pela moda, apenas quando aparece em algum desfile, e não com o mesmo interesse e rebeldia que os jovens dos anos 90 usavam (ok, os tempos são outros).

 

O que acharam? Segue uma música pra finalizar o post:

 

 

Deixe um comentário